DATA

Desvendando o Potencial Tecnológico na Gestão de Centrais de Serviços Compartilhados

A eficácia da tecnologia é essencial para otimizar processos, reduzir custos e aprimorar a eficiência operacional das empresas. Neste artigo, destacamos como a tecnologia e soluções de ITSM/ESM se aplicam à gestão de uma Central de Serviços Compartilhados (CSC), impulsionando a hiper automação nos processos.

A tecnologia precisa ajudar a organizar e potencializar as áreas de negócio, olhar para processos e gerar maior eficiência operacional.

Como profissionais de TI, é fundamental entendermos nosso papel como facilitadores no ambiente empresarial. Isso significa não apenas fornecer soluções tecnológicas, mas também compreender profundamente os processos e necessidades das empresas para oferecer as melhores soluções que agreguem valor real ao negócio.

Em suma, a necessidade crescente de agilidade e eficiência tem impulsionado as empresas a adotarem uma abordagem mais centralizada na gestão dos processos, aproveitando as novas tecnologias para integrar e otimizar suas operações. Essa mudança tem sido fundamental para garantir a competitividade e o sucesso das empresas em um ambiente de negócios cada vez mais dinâmico e complexo.

Introdução

A Central de Serviços Compartilhados é uma estratégia empresarial que visa consolidar atividades de suporte, como contabilidade, recursos humanos, financeiro, jurídico e tecnologia da informação, em um único centro. Essa abordagem busca otimizar processos, diminuir despesas, uniformizar operações e incrementar a eficiência em toda a organização.

Nos últimos anos, a CSC tornou-se estratégico para empresas que buscam aprimorar seus processos e integração entre diferentes áreas. Neste contexto, a incorporação de soluções tecnológicas é essencial para promover uma gestão ágil e eficaz. Já imaginou não mais perder requisições importantes?

Quem nunca se deparou com requisições feitas por telefone e/ou e-mails que não foram devidamente encaminhadas, resultando em impactos para a empresa? Visando resolver essas questões, surge o ESM – Enterprise Service Management, oferecendo processos claros que apoiam todas as áreas de negócio na centralização das requisições, com processos claros e hiper automação de atividades.

Com o suporte da tecnologia, atividades como atendimento, automação, padronização, análise de dados, integração de sistemas e comunicação alcançam maior eficiência, agilidade e precisão dentro de uma CSC, abrangendo desde tarefas simples até transações e geração de relatórios.

A tecnologia desempenha um papel fundamental na gestão de Centrais de Serviços Compartilhados (CSC) por diversos motivos:

Atendimento ao cliente: Processos estruturados de atendimento e autoatendimento entre as áreas de negócio, impulsionados por inteligência artificial e portais de autosserviço, permitem acesso rápido, conveniente e personalizado a informações e serviços. Chatbots e assistentes virtuais respondem instantaneamente, reduzindo a necessidade de recursos humanos em atividades simples, oferecendo uma experiência eficiente e interativa. A implementação do ESM, alinhada aos processos do ITIL, um framework internacional de gestão de serviços, pode contribuir significativamente para essa estruturação.

Automatização: Agiliza tarefas rotineiras, reduzindo erros e liberando tempo para atividades estratégicas.

Tecnologias Colaborativas: A adoção de tecnologias colaborativas, como plataformas de comunicação e colaboração, tem permitido que os funcionários trabalhem de forma mais eficiente em equipe, independentemente de sua localização física. Isso contribui para uma maior centralização das operações e uma gestão mais integrada dos processos.

Padronização de processos: Garante a uniformidade dos procedimentos em todas as unidades e departamentos, promovendo consistência e qualidade nos serviços.

Análise de dados e Inteligência Artificial: O uso de análise de dados e inteligência artificial tem possibilitado uma melhor compreensão dos processos internos das empresas, identificando áreas de melhoria e oportunidades de otimização. Isso ajuda a centralizar e padronizar os processos, garantindo uma maior eficiência operacional.

Integração de sistemas: Facilita a comunicação entre diferentes sistemas e aplicativos, eliminando silos de informação e proporcionando uma visão integrada das operações.

Comunicação interna: Ferramentas tecnológicas como e-mails corporativos, mensagens instantâneas e plataformas de colaboração aprimoram a comunicação e o trabalho em equipe dentro da CSC.

Em resumo, a tecnologia é crucial para otimizar as operações de uma CSC e garantir a eficiência e qualidade dos serviços. Softwares como a solução SENSR.IT da TIVIT oferecem recursos essenciais em uma única plataforma, tornando a gestão e governança mais integradas, intuitivas e ágeis. Isso não só agiliza o atendimento, mas também permite que os colaboradores se concentrem em questões estratégicas, tornando a operação mais eficiente e produtiva

Quer saber mais sobre como a adoção de um software de gestão e governança completo e personalizável, como o da SENSR.IT, pode maximizar os resultados do seu CSC?

Fique por dentro dos nossos assuntos

Plataforma
Contatos
Fique por dentro
Receba as Próximas Atualizações:

© 2022 SENSR.IT – Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: