6-Melhores-práticas-de-Governança-de-TI

6-Melhores-práticas-de-Governança-de-TI

A Governança de TI é uma extensão da Governança Corporativa, ou seja, são ações, regras, políticas, estratégias e processos para maximizar a gestão de ferramentas, ativos e soluções de Ti dentro de determinada organização.

Com o aumento do uso de ferramentas e soluções de TI, principalmente após o início da crise de COVID-19, é necessário que a empresa saiba como está sua situação em relação à TI e como ela por sua vez está alinhada com o objetivo do negócio.

Assim, percebemos a importância da implementação de Governança de TI e seu papel dentro do negócio. Por conta disto separamos 6 práticas que iram auxiliar o negócio a estabelecer a Governança de maneira precisa, prática e efetiva.

1 – Estar alinhada com os objetivos do negócio

Como boa estratégia a Governança de TI e os objetivos do negócio devem estar alinhados para que o TI gere bons resultados e suas práticas de governança auxiliam ao alinhamento de novos objetivos de negócio e a valorização da cultura organizacional da empresa.

2 – Saiba os riscos

Uma boa infraestrutura de TI deve saber identificar e bloquear os riscos de perdas de dados e informações da empresa. Assegurar a continuidade do negócio é essencial

3 – Escolha o framework certo para o negócio

Um framework de TI é uma estrutura de controles que vai estabelecer uma melhor prática de TI, mas também irá auxiliar para monitorar as tarefas e demandas para gerar melhores resultados e estabelecer um volume de trabalho.

Há muitas opções de framework para TI, as mais famosas no mercado são Cobit, ITIL e PMBOK. Porém a empresa pode “experimentar” os frameworks até encontrar o definitivo.

Lembrando que a plataforma da Sensr.IT apresenta todos os frameworks que irá facilitar na implementação e cada usuário pode utilizar o framework que o mais agrada.

4 – Pense na automação dos processos

Estamos vivendo na era digital e hoje em dia grande parte dos processos podem ser automatizados, o que além de trazer agilidade também promove um grande sucesso de uma política de Governança de TI.

Uma plataforma como a Sensr.IT por exemplo não é apenas capaz de automatizar, monitorar e estabelecer melhores práticas de TI, mas também há módulos de Gestão de Riscos, Compliance, Projetos, Demandas, Contratos e Fornecedores e não é cobrada em dólar.

5 – Comunicação interna efetiva

Como todo processo dentro de uma empresa é necessário estabelecer uma boa comunicação interna entre todas as áreas. Então é essencial pensar em como estabelecer uma boa comunicação interna.

6 – Políticas de segurança

Criar normas e regras para preservar a segurança dos dados é essencial para uma Governança de TI. Estar em conformidade com as leis referentes da privacidade e proteção de dados como a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) é um dever de toda empresa.

Por tanto tenha atenção ao fluxo de dados e esteja em conformidade, não só no setor de TI mas sim em todo ambiente organizacional.

Softwares como a Senr.IT já está preparada para implementação de processos para entrar em conformidade com a LGPD e a ISO 27701 e preservar a integridade de todos os dados dentro da organização.

A Governança de TI não só estabelece um planejamento e controle do setor de TI na empresa, mas também faz com que o negócio esteja em conformidade e gera valor para o negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Área do Cliente